Eu amo tudo o que foi,
Tudo o que já não é,
A dor que já me não dói,
A antiga e errônea fé,
O ontem que dor deixou,
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia."

Fernando Pessoa


domingo, 13 de fevereiro de 2011

Afresco de Pompéia

Foto Alba Abreu Lima
No Museu Arqueológico Nacional, em Nápoles, estão os afrescos que sobreviveram à destruição de Pompéia. E restaram muitos, belissimos, bem conservados nesse museu que é um primor de cuidado com as obras - bem mais que a Galeria Uffizzi. Há salas e salas com as pinturas vesuvianas, com cores fortes, vermelho abundante; a natureza é retratada exuberante. Flora, um afresco que sobreviveu, deve ter inspirado Boticcelli. Parece as mulheres desenhadas por Boticcelli, por isso digo, sem nenhuma pesquisa sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário